ONICOMICOSE – Você tem micose nas unhas?

Esse nome difícil é popularmente conhecido como micose de unha, uma infecção bem comum causada por fungos. E hoje você vai aprender um pouco mais sobre ela, suas causas e como tratar. Vamos lá?

Como ocorre a micose?

A micose ocorre quando fungos entram em suas unhas e começam a se alimentar da queratina, que é a principal proteína que forma a unha. Mas como surgem esses fungos? É mais simples e comum do que você imagina! Os fungos crescem em ambientes úmidos, quentes e escuros como, por exemplo, quando você está usando um sapato fechado ou luvas por muito tempo.

Mas não é só isso! A contaminação também pode ocorrer ao entrar descalço em um banheiro público, principalmente em clubes e academias; por falta de uma higienização correta dos pés; o uso de toalhas mal lavadas e instrumentos de manicure mal esterilizados; deixar as mãos na água por muito tempo ou ainda contato com produtos químicos.

Existem ainda alguns fatores de risco como pessoas que fazem quimioterapia, possuem diabetes, idosos ou portadores de doenças como lúpus. Nestes casos, devido a condição de saúde, a pele fica mais fragilizada tornando a unha mais suscetível a micose.

Como saber se estou com micose?

Uma unha com micose apresenta alguns sintomas bem definidos, como: alteração no comprimento, superfície, forma, espessura e cor das unhas. Tornam-se quebradiças, ressecadas, estriadas, escamadas, e com a coloração amarelo-pardo. Nos casos mais graves, pode surgir também uma inflamação ao redor da lâmina ungueal. Para todos os casos recomendamos que procure um dermatologista para identificar a infecção.

Tipos de micose:

Segundo a sociedade brasileira de dermatologia existem vários tipos de micoses. Confira:

Como tratar micose nas unhas?

Existem diversas formas de tratamento e o seu dermatologista poderá indicar a melhor pra você. Alguns casos são tratados de forma local com o uso de cremes, soluções ou bases de tratamento. Para casos mais avançados pode ser recomendado o tratamento via oral ou até mesmo utilização de lasers na região.

Ah, e é muito importante continuar o tratamento até o fim, viu? Não interrompa antes do tempo recomendado, pois mesmo que pareça estar curado, a infecção pode ainda estar presente.

Agora você já sabe tudo sobre micoses! E nós temos algo pra te contar: logo nós teremos novidades sobre isso! Mas por enquanto ainda é segredo. Aguarde!


RECEBA NOSSAS NOVIDADES

Se cadastre na nossa newsletter e receba sempre em primeira mão as novidades da Blant, e fique sempre com as unhas bem cuidadas.

ENVIAR AGORA